Erupção vulcânica é registrada em profundidade inédita no mar

 

A vida sobre as pequenas ilhas próximas a Fiji, no Pacífico Sul, pode estar sem muitas novidades ultimamente, mas por baixo da água há uma grande movimentação atraindo os olhares dos cientistas. Erupções vulcânicas, observadas a mais de 1.200 metros abaixo do nível do mar, estabelecem um novo recorde mundial no quesito.

Nem sempre imaginamos isso, mas a superfície terrestre é responsável por apenas 25% das erupções vulcânicas no planeta. Todas as demais acontecem no fundo do mar. Os cientistas, contudo, se acostumaram a observá-las em áreas não tão profundas. No máximo, 1.000 metros negativos de altitude, em uma área do oceano onde a luz do sol ainda consegue penetrar.

Agora, pesquisadores da Universidade de Washington (na cidade de Seattle, nos EUA) foram até a bacia oceânica de Lau, no Pacífico, e testemunharam a atividade do vulcão West Mata, que está em erupção desde 2008. Nos registros, eles puderam observar bolhas de até um metro de largura sendo expelidas da contínua corrente de magma na fissura.

Os jatos de lava provenientes do mar ajudam a empurrar para fora comunidades inteiras de microorganismos, que servem de alimento para camarões e outros pequenos animais marinhos. Cientistas teorizam que foram essas explosões vulcânicas marítimas que ajudaram a alimentar as primeiras formas complexas de vida no mar, há milhões de anos.

Ainda existem, no entanto, algumas questões a responder. Os cientistas não sabem exatamente porque o West Mata está há mais de três anos expelindo magma sem parar, quando as erupções marítimas, em geral, duram de algumas horas a no máximo poucos meses. A teoria mais aceita afirma que a erupção é contínua porque está concentrada em apenas um ponto, e a maioria dos vulcões marítimos já observados expelem lava em conjunto.

O fator que dá esperança de novas descobertas, aos cientistas, é a presença de magma tipo “boninita”. É uma espécie de rocha extrusiva, cujas características são relacionadas à convergência de placas tectônicas. Essa condição, aliada ao fato de o vulcão estar no fundo do mar, pode fornecer importantes respostas ao mundo da geologia. [OurAmazingPlanet]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s