Os reajustes milionários da arena do Sport

Projeto para o complexo da arena do Sport. Crédito: Jorge Peixoto/Instagram

Foco maior na sucessão presidencial do Sport, a futura arena rubro-negra teve mais um reajuste no orçamento geral, num projeto desde sempre com cifras astronômicas.

A estrutura original, desenvolvida pela DDB/Aedas, considerava apenas o estádio. Inicialmente, seriam R$ 400 milhões. Contudo, antes do lançamento, em 17 de março de 2011, foi incorporado ao projeto duas torres empresariais e um hotel, equipamentos necessários para a viabilizar a contrapartida do investidor, a Engevix.

Logo, o gasto subiu para R$ 500 milhões, preenchendo todo o território do clube.

Em 13 de março deste ano, na divulgação do projeto com a assinatura do escritório Pontual Arquitetura, já com a readequação exigida pela Prefeitura do Recife, a previsão foi elevada para R$ 600 milhões, incluindo um mini-shopping.

No que parece ser o dado final, o presidente Gustavo Dubeux, já com a versão definitiva do projeto nas mãos, estipula agora em até R$ 750 milhões…

Só a arena está orçada entre R$ 350 mi e R$ 400 mi. Ou seja, será mais cara que o Palestra Itália, do Palmeiras, com os mesmos 45 mil lugares, ao custo de R$ 330 milhões.

Fonte:blogs.diariodepernambuco.com.br

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s